Letras y Acordes Web

@HacKsXdoQuier

Letra y Acordes de la canción ONDE JAZZ MEU CORAÇÃO - Belchior

#
A-
A+
[Intro]  G  D/F#  Em
         G  D/F#  Em
         C  D   G (C9) G

G             D/F#      Em         Em7
Ei,senhor meu rei do tamborim, do ganzá
            C             D           G (C9) G
Cante um cantar, forme um repente pra mim
        G        D/F#      Em         Em7
Aqui nordeste, um país de esquecidos, humilhados
    C                      D
Ofendidos e sem direito ao porvir
        G        D/F#      Em
Aqui nordeste, Sul América do sono
   Em7         C            D             G (C9) G
O reino do abandono, não ha lugar pra onde ir

G       D/F#      Em         Em7
De Nashville pro sertão,se engane não
          C                          D
Tem muito chão, tem meu irmão, muito baião
          G         D/F#        Em
Em New Orleans,bandos de negros afins
           Em7              C            D           G
Tocam em bandas, banjos, bandolins, onde Jazz meu coração

G             D/F#      Em         Em7
Ei,senhor meu rei do tamborim, do ganzá
            C             D           G (C9) G
Cante um cantar, forme um repente pra mim
        G        D/F#      Em         Em7
Aqui nordeste, um país de esquecidos, humilhados
    C                      D
Ofendidos e sem direito ao porvir
        G        D/F#      Em
Aqui nordeste, Sul América do sono
   Em7         C            D             G (C9) G
O reino do abandono, não ha lugar pra onde ir

G            D/F#     Em         Em7
Em mim nesse canto daqui, lugar comum 
          C                          D
como no Assum, açude preto e o canto que faz cantar
          G               D/F#         Em        Em7
Cresce e aparece em minha vida eu me renovo, no canto
           C            D     G
o pio do povo, pio é preciso piar

( G  D/F#  Em  Em7  C  D  G (C9) G )
( G  D/F#  Em  Em7  C  D  G (C9) G )

G            D/F#     Em         Em7
A minha voz rara taquara rachada,vem soul, blues 
          C                          D
do pó da estrada e canta o que a vida convém
G            D/F#     Em         Em7
Vem direitinha da garganta desbocada mastigando 
           C            D     G
nhame, nhame, cheiinha de nhem, nhem, nhem

G             D/F#      Em         Em7
Ei,senhor meu rei do tamborim, do ganzá
            C             D           G (C9) G
Cante um cantar, forme um repente pra mim
        G        D/F#      Em         Em7
Aqui nordeste, um país de esquecidos, humilhados
    C                      D
Ofendidos e sem direito ao porvir
        G        D/F#      Em
Aqui nordeste, Sul América do sono
   Em7         C            D             G (C9) G
O reino do abandono, não ha lugar pra onde ir

        G        D/F#      Em
Aqui nordeste, Sul América do sono
   Em7         C            D             G (C9) G
O reino do abandono, não ha lugar pra onde ir